Arquivo mensal: maio 2010

As Descobertas da Vida

Estou um tanto relapso com o ‘Comédia da vida alheia’ aos finais de semana, #fato.

Preciso reorganizar minha agenda para conseguir fazer os posts aos finais de semana, mas espero que os posts anteriores tenham suprido a falta de novos. E repito quem quiser colaborar com o blog mandando textos para serem publicados aqui ficarei super feliz.

As Descobertas da Vida

Texto por Renata Miranda

Em todos os momentos de nossas vidas passamos por varias situações, e cada uma trás com ela uma nova descoberta, mas por incrível que pareça o medo nos acompanha nessas situações, afinal não sabemos o que nos espera do outro lado.

Desde criança, sentimos este medo, aquele friozinho na barriga ou as famosas borboletas. Quando pisamos pela primeira vez na escola, quem nunca ficou com aquele frio na barriga? Aquela sensação do novo, do inesperado e suplicou para não voltar mais para aquele lugar, bem queridos, este é apenas um, de tantos outros medos que teremos em nossas vidas.

Dentre muitas existem aquelas que ficam gravadas para sempre, nosso primeiro beijo, talvez não lembremos quem foi a garota ou garoto que beijamos, mas a sensação do primeiro beijo, claro isso todos lembramos, aquela sensação do coração querer sair pela boca, de querer sair correndo, do rosto quente, as mãos frias, com certeza ele não será o melhor beijo que você dará em sua vida, na verdade pode ser até o pior, mas você nunca esquecerá dele, pois a primeira vez é uma marca, um ponto de largada. Ainda nesta linha, a primeira vez, puxa como vencer esta barreira, acho que esta é uma das maiores descobertas, nossa cabeça fica confusa, não sabemos o que fazer, ficamos com medo, sentimos vergonha, e depois que acontece, você olhar para seu parceiro ou parceira e ficar pensando do que ele achou daquela momento de amor !!

O engraçado destas descobertas é que mesmo sentindo medo, não deixamos de fazer, porque serão elas que marcarão nossas vidas, serão elas que serão lembradas quando estivermos mais velhos.

Nunca deixe que o medo fale mais alto que o desejo de ser feliz, que o desejo de descobrir o novo, que o desejo de se aventurar, que o desejo de Viver, pois o mais importante desta vida é descobrir, mas viver do modo que você sinta-se feliz. Independente do que a sociedade pensará de você, pois uma coisa é fato, a sociedade nada mais é que uma multidão de pessoas que correm desesperadamente atrás da Felicidade.

Então não se reprima e Vá em frente: NÃO TENHA MEDO! Viva a Vida e Seja Feliz da maneira que você escolheu!!!

Texto por Renata Miranda

Dicas

O ‘Comédia da vida alheia’ vai tentar postar todas as sextas dicas úteis de como aproveitar os finais de semana com muita cultura e diversão, afinal de contas já somos tão sérios no decorrer da semana, que temos direito de deixar o profissionalismo de lado e aproveitar os poucos momentos de descanso e lazer investindo em nossos prazeres, sejam eles voltados a cultura ou apenas a diversão banal de uma noite com muito flash e strobo porque ninguém é de ferro.

Pra começar a sessão de dicas, uma das que mais me chamou a atenção:

TEATRO


2ª Festa do Teatro

A festa do teatro começou ontem e tem o intuito de distribuir 40 mil ingressos gratuitos para 119 espetáculos em cartaz em São Paulo.

Cada pessoa tem direito a retirar apenas um par de ingressos nos postos de distribuição que tem o Teatro Municipal e o Centro Cultural de São Paulo entre eles.

O mais legal desse projeto é que o público pode escolher desde um musical da Broadway como ‘A Bela e a Fera’ , passando pela oportunidade de ver uma grande peça do repertório nacional como “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues, pela chance de ver uma diva como Marília Pêra em “A Gloriosa”, até a de conferir um espetáculo ousado do ‘underground’ paulistano como “Justine”, peça inspirada na obra homônima do Marques de Sade.

Lembrando que totalmente gratuito.

Para maiores informações consultem o site do evento http://www.festadoteatro.com.br/

Lá encontraram os endereços de todos os postos de distribuição e as montagens participantes do projeto.

CINEMA

Estréia de Sex and the City 2

Quem não conhece a história dessas 4 amigas de meia idade, está perdendo ótimos momentos de risada.

A temática nada mais é que o universo feminino retratado de forma aberta, liberal e autêntica. A protagonista, Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker), narra suas desventuras amorosas e financeiras dentro da ilha de Manhatan (Nova York), assumindo o papel de inquisidora de sua vida sentimental e sexual, tal como de suas colegas: Charlotte (Kristin Davis), Miranda (Cynthia Nixon) e Samantha (Kim Cattrall).

“Sex and the City 2” é isso. Bem-humorada, elegante e brilhante (mais pelo ouro do que pela genialidade), a produção praticamente é um dia-a-dia de Carrie, Charlotte, Miranda e Samantha. Não há realmente um grande conflito, apenas um questionamento sobre as relações: as três primeiras, casadas, devem lidar com a profundidade de seus matrimônios e a última preocupa-se com sua idade para manter-se sexualmente ativa e atraente, por mais que seja de forma cosmética.

Quem quiser pode dar uma conferida aqui no trailer do filme.

BALADA

Sábado festa NIT na Hot Hot

Misture indie rock, música eletrônica e new wave com toques de punk e bossa nova. Esta é a mistura sonora do Copacabana Club, banda curitibana que vem sendo apontada como uma das grandes revelações musicais brasileiras que vai fazer a festa desse sábado na Hot Hot, uma casa bem aconchegante e charmosa.

R. Santo Antônio, 570 – República  –  São Paulo  –  SP

Tel: (11) 2985-8685

MÚSICA

Show Jorge Vercilo com Maria Gadú no Via Funchal

Há dez anos iniciava um dos maiores projetos do rádio brasileiro. Em meio a uma onda de músicas estrangeiras migrando para os playlists das principais rádios, a Nova Brasil FM adotou uma programação exclusiva para valorizar consagrados e novos talentos da Moderna MPB. E, nada melhor do que festejar um grande aniversário com dois grandes artistas. Jorge Vercillo, que faz parte da história da rádio, comanda a noite do dia 30 na Via Funchal, em São Paulo com participação especial de Maria Gadu. A cantora, que se consagrou com a canção Shimbalaiê.

melhores informações no site http://www.viafunchal.com.br/shows.asp?ID=445

Espero que gostem das dicas e que sejam úteis para tornar o seu final de semana mais agradável, quem tiver sugestões para o próximo post é só comentar que entrarei em contato, quem tiver algum texto que queira dividir aqui no blog a mesma coisa.

Descoberta


Expressar o que sinto nunca foi fácil, desde sempre aprendi a reprimir meus sentimentos, guardando-os pra min, ta ai o motivo do meu silencio em certos momentos, mesmo recorrendo a escrita pra tentar te falar o que sinto, nunca sei ir direto ao ponto, o faço por enigmas aquilo que quero.
Você acha que eu não sei o que é ter algo de ruim dentro de si, e que as vezes chega a ultrapassar a fé, sei exatamente o que é sentir-se exilado de tudo e todos, não me julgo honesta suficiente pra te mostrar a direção de um caminho certo ou errado, sou como você realizo os mesmos trajetos e piso nos mesmo espinhos, sinceramente não vou mentir com o que aconteceu, me sentir sim! deixada como uma carta qualquer, fora de um baralho velho, não falando que fui usada e descartada fisicamente, mais psicologicamente de alguma forma, não me surpreendi nem um pouco com tua atitude sob querer voltar à velha história que te causa tanta dor. Quando falo que meu “eu” se bloqueia quando coisas desse tipo acontecem, não é querendo apagar ou fingir que não sinto algo, ou que esse algo que existiu simplesmente sumiu, não consigo ser tão fria pra afirmar que não significou nada ou passou apenas de um aprendizado.
Quando falo pra você que estou bem, to falando a verdade, mais isso não quer dizer que ainda não lembre e sinta falta do que praticamente nem mesmo chegou a começar…
Essa é a minha forma de encarar os problemas de frente, sei que sou imprevisível, será sempre estranho quando der uma passou adiante, ou ainda sim recua-lo, eu só espero que você encontre aquilo que procura, mesmo que não saiba o que é.
Eu não senti raiva em momento nenhum, você ainda tem tantas decisões a serem tomadas e ainda não se deu conta disso, admito que não é fácil em alguns instantes ficar sem recordar o ontem, mais eu não vivo do ontem e sim do hoje, tudo isso ta servindo como uns degrau’s a mais na escada da minha vida, talvez não tenha dado certo pelo fato de sermos iguais de mais pra ficarmos juntos.

Desculpa-me vivo numa eterna descoberta sobre min…  (Juliana Soares)

VIVER SEM TER A VERGONHA DE SER FELIZ!

Hoje o blog teve vários acessos e recebi alguns e-mails falando sobre o post anterior, então hoje em exceção vamos estender o assunto.

A Felicidade

Na vida sempre temos dois caminhos a seguir, e a escolha cabe a você decidir se deseja ser feliz e passar por provações, dificuldades, magoas. Sim, o caminho da felicidade é sempre o mais difícil, o mais longo, o mais sinuoso ou você simplesmente pode decidir seguir o caminho mais fácil, viver ao molde da sociedade, aceitar as regras, abaixar a cabeça e viver de forma medíocre.

Por muito segui o caminho mais fácil.

Pra que dificuldades? Vamos só tocar o barco e vê onde ele vai ancora, mas percebi que o barco não vai ancorar nunca, vai navegar sem rumo até naufragar. E essa não é a vida que quero pra mim, por sorte sempre encontramos atalhos em nosso caminho que nos permite mudar de direção na hora certa. Eu peguei meu atalho, o caminho é longo, cheio de obstáculos, mas o que me faz seguir sem desistir, muito menos olhar para trás é a certeza que um dia vou ter meu porto seguro, meu aconchego, independente de críticas ou olhares tortos, pois quebrar os moldes e apagar os sorrisos amarelos da sociedade marionete é o meu objetivo.

Posso não ser capaz de mudar o mundo, mas sou capaz de mudar meu mundo e de aceitar o que me faz feliz.

Por isso faça tudo que achar certo, e o que achar errado também, faça o que a vontade e o desejo pedir, só não esqueça que nem sempre a vontade é duradoura, mas simplesmente faça o que tem que ser feito.

Veja o dia nascer, logo após a luzes de spots e strobos se apagarem!

Use de todas as experiências possíveis para traçar seu caminho, seu caráter, seu destino.

A última coisa que tenho a dizer é renda-se a felicidade, o preço pode ser alto, mas no fim a recompensa é sempre maior.

Siga o ritmo do poeta: VIVER SEM TER A VERGONHA DE SER FELIZ!

Crônica do Amor

“Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.

Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.

Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no ódio vocês combinam. Então? Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara?

Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.

É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.

Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.

Não funciona assim.

Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.

Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.”

(Arnaldo Jabor)

Isso é apenas a confirmação que o acaso faz escolhas erradas nos momentos certos nas idas e vindas dos amores em nossas vidas, é só piscar que o acaso aparece com um na nossa porta, sorridente e encantador, mas não deixe que outros amores atrapalhem essa incrível oportunidade de amar que surge em nosso caminho.

Aproveite as oportunidades, faça suas oportunidades, mas não se esqueça que os pés se firmam no chão e não nas nuvens.

%d blogueiros gostam disto: