Arquivo mensal: março 2011

Maxi estampas de animais

Vou falar que achei incrível quando vi essas camisetas, no começo achei que era alguma montagem, mas não, realmente são estampas e muito irreverentes por sinal.
São vário modelos com uma qualidade de impressão que realmente engana e causa um efeito visual sensacional! Não tenho dúvidas de quem usar uma delas vai chamar a atenção por onde passar. As camisetas com essas maxi estampas são fabricadas pela “The Mountain” em tecido 100% algodão, possuem 5 opções de tamanhos e custam 20 dólares cada.
Pra quem gosta de animas e de chamar a atenção essa é uma ótima pedida.

Link

Anúncios

Alexander Wang

Preview da coleção masculina do estilista Alexander Wang (das marcas Alexander Wang e T.),

Estilo Vintage

O tal vintage que nunca sai de moda (afinal de contas é mais que tendência), e de épocas em época, principalmente nas altas estações como verão/inverno, são muito presentes. Então não podíamos ficar sem falar sobre.

Pra quem não sabe o vintage nada mais é que uma moda retrógrada. Como assim retrógrada? é retrógrada porque é uma recuperação de estilos dos anos 50, 60 e 70, basicamente um apanhado geral do que estava em alta nesses períodos.


Resumindo, o vintage é a junção do old com retrô. Roupas com tecidos propositalmente “desgastados” também são chamados vintage, justamente por ter uma aparência de usado, antigo, de outra época.

Um exemplo bem atual de moda vintage são os sapatos Oxford que é estilo “oldschool” (fazia parte de um uniforme da universidade de Oxford), e que esteve bastante em alta no verão e continua agora no inverno.

Mas pra ser vintage não é só pegar o casado do avó e pronto, então vamos as dicas de como montar um look vintage bem bacana.

1) Aposte sempre em brechós, onde as roupas estejam em bom estado (isso é importantíssimo), pois vintage é uma roupa nova com aparência de velha e não aquela roupa surrada demais.

TonyJr e Brechó Vintage de Luxe Rua Humberto I, 999, Vila mariana , São Paulo, Sp. Tel: (11) 2575-1337 Tony Jr no facebook

2) Pode pegar tendências novas e uni-las ao vintage dá um efeito incrível, você também pode usar só um acessório vintage, como o wayfarer com a armação só em cima, ou um chapéu, um suspensório, ou até mesmo um óculos com uma armação mais antiga fica super bem.

3) O vintage, é um estilo tão clean, que o bacana é usar peças pesadas para balancear, o couro é bem vindo. As peças vintage você encontra super fáceis em brechós e ate mesmo em lojas comuns de fast fashion como: C&A, RENNER, LEADER e RIACHUELO (sim, é só procurar que lá tem de monte!)

E a calça de couro?

Além de possuir um estilo único, a calça de couro também é uma forte tendência masculina para o inverno. (Sou meio contra o uso do couro, então peço que dêem preferência para as versões sintéticas)

O sucesso desse modelo depende muito da produção (o estilo também tem que ser levado em conta, é uma peça muito marcante, então cuidado na escolha da ocasião). Em geral elas ficam muito bem com jaquetas ou outras peças sobrepostas, como blazer e suéter (Acho bacana uma peça mais leve em cima, um bom tricô também cai bem, mas a combinção calça e jaqueta de couro sempre fica muito bonita, o difícil é saber onde ir com essa escolha).


Apesar de ser um modelo diferenciado, a calça pode ser utilizada com outras peças normais, como camisa, camiseta, blusas entre muitas outras possibilidades. Já as cores variam muito, mas a preferencial continua senda a preta, que sempre oferece muito charme.

Be a blogger man

Hoje o post vai ser para a Blogagem coletiva (saiba aqui) conforme o convite do Tred Caffee, com o intuito de nós blogueiros passarmos para os leitores um pouco do que é ser um blogueiro.

Pra mim ser blogueiro é uma descoberta diária do novo, a busca do diferente, um exercício jornalístico, é uma válvula de escape que me permite sair do tempo e espaço caótica pra um mundo onde posso dedicar nem que seja alguns minutos para o que eu realmente gosto e, principalmente, é algo em que me faz sentir está contribuindo com informações, por mais fútil e inútil que seja a informação.

No caso do ‘Comédia da vida alheia’, a idéia central é falar sobre comportamento, design, moda, e espero estar contribuindo de alguma forma para os leitores sobre esses assuntos.

Faço questão de ter comprometimento com tudo que escrevo e divulgo aqui, pois é o mínimo que posso fazer em agradecimento a quem acompanha todas as baboseiras que escrevo todos os dias. Por isso acredito que o mais importante para ser um blogueiro é o comprometimento com as informações que divulga, e acredite da pra ser engraçado, inovador, e any outras coisas sem perder a ética.

Ser blogueiro é entrega e dedicação de tempo para buscar sobre boas pautas, é estar atento ao novo, é ser curioso, é a alegria infantil por um comentário satisfatório, ou por alguém falar bem do seu blog.

Resumindo, ser blogueiro é compartilhar idéias e ter boas idéias.

%d blogueiros gostam disto: